Menu

Cozinha

Tipos

Notícias sobre:

Blogs

Assine

Outros







Blogdereceitasdaemilia

Mãe depois dos 40 - 04Out2017 00:30:00

Oi gente! Pois é,  mamãe depois dos 40 :) e muito feliz!
Felipe nasceu dia 12 de maio, já vai fazer 5 meses de muita fofura, desculpe não colocar uma foto dele, mas tenho receio de expor ele, é tão indefeso né!? Mas garanto que é lindo rss.

Demorei muito tempo para decidir engravidar,  e confesso que fiquei muito preocupada com a gestação,  tive que fazer e refazer vários exames, minha médica foi ótima, tomou muito cuidado comigo, e eu exagerei com os cuidados também.  No fim posso dizer que foi uma gravidez tranquila!

Hoje estamos babando rss. Ser mãe foi mágico,  agora enxergo as coisas diferente, é estranho rss, não tem como explicar,  só sentindo mesmo...

Espero voltar logo com alguma receita gostosa!  Estou usando o aplicativo do Blogger pela primeira vez para postar, agora fica difícil usar o computador ou o notebook, usar o celular é mais cômodo.
Bjos gente, o Felipe também manda bjnhos ;)



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2017/10/mae-depois-dos-40.html

Extrato de Baunilha e Cia - 13Mar2016 20:49:00

05/01/2017 Feliz Ano Novo gente!!!

Demorei, eu sei, mas voltei para falar dos extratos...Então, o de limão e laranja praticamente acabaram, usei muito e adorei, mas não se empolgue muito não, eles dão um "toque" na sua receita, não vá pensando que você vai poder substituir o suco de limão/laranja da sua receita, porque não vai!
Eu usei para fazer biscoitos e panquecas que ficaram com um aroma muito gostoso e um "toque" de sabor, bem discreto mesmo.
Usei em bolos de limão e laranja,seguindo a receita normalmente e só acrescentando o extrato, nesses eu já percebi uma diferença maior, achei que o sabor ficou mais "sofisticado", amei de paixão!!

Agora, o extrato de baunilha...que decepção...eu tinha uma expectativa muito grande em relação a esse extrato, mas infelizmente não gostei, não sinto esse toque especial quando uso ele nas receitas, vou comprar mais favas e colocar no pote, para ver se muda alguma coisa...

Esse ano de 2017 vai ser muito especial, logo posto as novidades! Bjos

-----------------------------------------------------------------------------------------

Eu nem vou falar de quanto tempo não apareço por aqui, vivo repetindo isso né?! O pior é que tenho feito algumas coisas que acho interessantes para o blog, mas acabo não tirando fotos, daí "já era"...

Mês passado fiz esses extratos: Baunilha, Limão e Laranja, com vodka, e Baunilha com wisk.

Experimentei alguns nessa semana, confesso que fiquei um pouco decepcionada ...Mas como nunca provei um extrato antes não sei dizer se é assim mesmo ou não...

Ainda não tenho coragem de pagar o preço que pedem pelo extrato de baunilha, está certo que são importados, mas mesmo assim...

Vou deixar mais um tempinho descansando, depois provo novamente e digo pra vocês como ficou.

Extratos

Baunilha: para cada fava coloquei 50ml de vodka. Cortei a fava e raspei as sementes, coloquei tudo no pote e cobri com vodka.

Limão: descasquei 2 limões siciliano com um descascador de batatas, ficaram perfeitas, sem nenhuma parte branca, falam que não pode ter essa parte branca porque amarga. Coloquei somente as cascas no pote e cobri com 150 ml de vodka.

Laranja: usei 2 laranjas bahia , aquelas de casca bem alaranjadas. Também usei o descascador de batatas e saíram perfeitas, sem a nenhuma parte branca. Coloquei somente as cascas no pote e cobri com 200 ml de vodka.

Eu li vários relatos de pessoas que fizeram esses extratos, cada uma fala de um tempo de descanso, eu  deixei descansar por um mês antes de usar e não fiquei satisfeita. Vou esperar mais um tempo.

Deixe descansar em lugar escuro e mexa os potes um vez por semana. Depois de pronto passe para uma garrafa escura, dizem que é bom para manter o aroma. A baunilha pode ser transferida com as favas, já o limão e a laranja somente o liquido, as cascas podem ser retiradas.


Boa semana, na medida do possível para todos nós que estamos aqui no Brasil...tá puxado né gente!? Eu particularmente já nem quero assistir jornal, isso tudo cansa D+

Bjos!!!




Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2016/03/extrato-de-baunilha-e-cia.html

Panquecas Perfeitas - 11Out2015 19:31:00
Faz tempo que tenho essa receita, peguei do site CookPad, a primeira vez que fiz fiquei maravilhada rss...afinal eu consegui fazer lindas panquecas fofinhas!! Mas caí na real, eu não né!? A RECEITA conseguiu rss...
Gente essa receita é fantástica!!
Faz tempo que não fazia, mas como hoje só tinha uma fatia de pão para nós dois tive que fazer, sacrifício né!? #soquenao ;)
E bem facinho, só seguir as dicas!! A minha maior dificuldade foi escolher o "marcador" pra essa receita rss, não sei se é pão, bolo...  :(

Panquecas Perfeitas

Rende 5 panquequinhas:
100gr de farinha de trigo
25gr de açúcar
5gr de fermento em pó - pra bolo mesmo
1 ovo grande
essência de baunilha - opcional
+- 80ml de leite, vai depender muito do tamanho do ovo, por isso vá colocando o leite aos poucos

frigideira pequena
óleo para untar a frigideira
papel toalha/guardanapo
toalhinha molhada

Misture todos os ingredientes, deixando o leite por ultimo. Vá misturando com um fuet e acrescentando o leite aos poucos, tem que ficar uma massa lisa, não pode ficar muito grossa.

Esquente a frigideira, tire do fogo e coloque um fio de óleo, espalhe com o papel toalha, coloque uma concha rasa de massa na frigideira e volte ao fogo, sempre baixo, deixe até começar a aparecer furinhos na massa. Vai começar a fazer bolhinhas que vão estourar e fazer buraquinhos que vão fechar, até que começa a estourar e não fecham mais, formando furinhos. Não tem como colocar a massa e virar as costas, tem que ficar cuidando. Formou os furinhos, vire a massa e deixe por 20 segundos, daí pode tirar.



Para fazer outra panqueca, tire a frigideira do fogo e coloque em cima da toalhinha molhada, passe aquele papel toalha que já está com óleo para untar novamente a frigideira, coloque a massa e volte para o fogo, sempre baixo, e tudo de novo, até acabar a massa. Se o papel ficar muito seco, coloque mais um pouco de óleo.
Tem que ficar com essa cor linda, por isso é importante deixar até os furinhos aparecerem.
E fica super fofinho! E se você estiver podendo coma com manteiga e geleia, com mel, com manteiga e maple syrup, com calda de frutas, com calda de chocolate, com...
Mas se não estiver podendo, como eu, coma purinho assim...

Bjos



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/10/panquecas-perfeitas.html

Yakisoba - 11Out2015 17:00:00

Hoje vai ser dois em um, rsss, meu desafio e dicas!

A primeira vez que comi yakisoba no Japão lembro de ter falado que aquilo não era yakisoba, rss, já que só conhecia o da minha cidade, que era e continua sendo um yakisoba com muito molho; a ultima vez que fomos comer yakisoba numa sobaria tinha a opção "yakisoba seco", foi o que pedimos, achando que seria igual do Japão, mas quando chegou o pedido...igual que sempre rss, daí pensei que se tivesse pedido o normal talvez viesse uma sopa rss...
O sabor também é bem diferente, o daqui a gente sente bem o gengibre e é suave, do Japão é mais ácido, agri-doce, é claro que deve depender muito da região onde se mora.
Eu sou apaixonada pelo yakisoba do Japão, tem uns molhos prontos de fabricação brasileira que são bem gostosos, mas sempre que posso e encontro eu prefiro comprar os japoneses. Dessa vez achei esse aqui:

 Yakisoba

Nesse meu yakisoba refoguei com um pouco de óleo, separadamente até ficar al dente , cebola, cenoura e brócolis. Cozinhei o macarrão, al dente também. Numa panela grande, se tiver uma panela wok melhor ainda, com fogo baixinho misture o macarrão com as verduras e vá acrescentando o molho até ficar com o sabor que te agrade. Desligue o fogo e sirva com um ovo frito!! Fica delícia delícia rss...Esse yakisoba sequinho combina bem com ovo frito.

Pra ficar um yakisoba completíssimo você pode acrescentes tiras de carne ou frango, se gostar pode colocar camarão e até lula, não tem regras, é um prato muito democrático! Com as verduras a mesma coisa, vagem, couve flor, repolho...tá valendo tudo que você gostar, o importante é refogar até ficar al dente, assim seu yakisoba fica mais gostoso!! ;)

O macarrão...eu usei o espaguete da Nissim , mas isso porque não achei o Yakisoba da mesma marca; mas sinceramente, acho que tanto faz rss.
Mas você pode usar outro tipo de macarrão para yakisoba, tem bastante variedades no mercado! O importante é não cozinhar de mais.

Bjos




Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/10/yakisoba.html

Shitake Miso Chahan - 04Out2015 21:50:00
Eu já estou falhando com meu desafio, não consegui postar na semana passada, mas nessa eu me esforcei para fazer alguma coisa, peguei meus livros de receitas e fui procurar alguma coisa interessante para comer! rss
Achei uma receita de Chahan picante, acabei esquecendo de colocar a pimenta, daí que o meu ficou só chahan de shitake com miso!
É um prato rápido, para os dias mais corridos é perfeito. E o melhor é que você pode colocar o que quiser!

Miso Chahan

1 medida de arroz japonês cozido
6 cogumelos shitake picado
1 xícara de carne de porco já assado ou cozido picados - pode ser mais ou menos
1 colher de chá de gengibre picadinho
1/2 xícara de alho poró picado
1 colher de sopa de miso misturado com 1/2 colher de sopa de sake

Coloque um pouco de óleo na frigideira e refogue o gengibre o alho poró e o cogumelo, acrescente a carne de porco e depois o arroz cozido. 
Depois de refogar tudo acrescente a mistura do miso com sake e o toban djan.
Misture bem e sirva!
 Bjos




Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/10/shitake-miso-chahan.html

Salmão Teriyaki - 20Set2015 02:46:00

Minha primeira receita do meu "Desafio Culinário"!!
Aqui em Campo Grande não tenho muita opção de peixes, ou é salmão ou tilápia ou sardinha, são esses que encontro frescos. Tenho saudades de comprar peixe no Japão, era tanta variedade que na maioria das vezes eu nem sabia que peixe estava comendo rss, cada vez pegava uma bandejinha com um peixe diferente. Ah, aqui temos os peixes dos rios, mas maridão não gosta muito, ele diz que tem gosto de terra rss. Mas as vezes eu me faço de esquecida e compro! ;)

Bom, eu escolhi esse prato porque gosto muito de peixe adocicado e também porque já estava um pouco cansada de comer salmão assado. A receita peguei daqui. Eu gostei muito dessa receita, além do sabor adorei a aparência.

Salmão Teriyaki

Para o peixe:
2 postas de salmão
sal
2 colheres de sopa de saquê
papel de cozinha
farinha de trigo
2 colheres de chá de óleo, para fritar o salmão

Para o molho:
1 colher de sopa de shoyu
1 colher de chá de açúcar
2 colheres de chá de mirin
1 colher de sopa de vinagre (eu recomendo usar de arroz ou de vinho branco)
1 colher de chá de óleo de gergelim

gergelim para polvilhar

Primeiro tempere o salmão com sal e com o saquê, deixe descansar na geladeira por 10 minutos. Depois seque as postas com o papel toalha, e polvilhe farinha trigo com ajuda de uma peneirinha. Aqueça uma frigideira anti aderente em fogo médio e coloque o óleo, frite o peixe até dourar, de todos os lados.
Depois misture todos os ingredientes do molho e regue o salmão, cozinhe até o molho reduzir, vá virando o peixe com cuidado para caramelizar por igual.
Desligue o fogo e polvilhe gergelim, sirva em seguida.

Eu servi com batata doce assada e brócolis refogado. Além do arroz japonês é claro! ;)
Pra quem gosta de peixe adocicado é um ótimo prato!

Bjos

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/09/salmao-teriyaki.html


Já deu pra perceber que eu não estou postando receitas de doces e bolos né? Pois é, estamos com o nível de açúcar alto no sangue, simmm nós dois, eu e maridão!! Tivemos que mudar muito a nossa alimentação, que incluiu parar de testar receitas de bolos e doces...que triste...
Eu já estava bem desanimada, afinal, é o doce que deixa a gente mais feliz...ainda mais eu, que sou era uma formiga.

Bom, mas por esses dias vi o filme Julie e Julia, onde Julie tem o desafio de fazer 524 receitas da Julia em 365 dias!
Daí fiquei pensando que também poderia fazer um desafio assim; não não não! Não assim igual ao da Julie! rsss Não sou doida!! Mas sim, um desafio culinário pra mim! Afinal, antes o que me divertia muito eram as receitas doces, agora seria divertido completar um desafio.

Então, resolvi me desafiar a fazer uma receita japonesa por semana! Mas, receitas do dia-a-dia, nada complicado. Já que é para ser divertido, só vou escolher receitas fáceis! rsss
Até quando? Não sei...espero que por um longo tempo!

Desafio lançado!!!

Bjos



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/09/um-desafio-para-animar-meu-blog.html

Nikuman - 14Jun2015 00:46:00

Faz tempo que estava querendo fazer essa receita novamente, sim, já tentei fazer duas vezes quando estava morando no Japão, e nas duas vezes a massa ficou horrível.
E aqui no Brasil só não fiz antes porque não tinha o processador para moer a carne de porco; isso mesmo, aqui na minha cidade não "existe" carne de porco moída. Tem cidades que o açougueiro faz se você comprar a carne bovina junto, assim ele passa a carne de porco primeiro e depois passa a carne bovina para "limpar" o moedor. Mas aqui, pelo menos nos lugares onde vou, não fazem.
Pensei em comprar um mini processador, já que só queria usar para triturar a carne, mas daí vi um grande que estava em promoção e resolvi comprar, e olha, foi a melhor coisa que fiz! Pois o bichinho também mistura massa e bem rapidinho! Mas para lavar é aquelas coisas né!? rss Eu achava um Ó lavar o liquidificador, mas depois de lavar o processador ficou fichinha lavar o liqui. rss

Agora a receita; gostei muito dessa massa, cresceu bem e ficou bem elástica. Já o recheio nem tanto, ficou saborosa sim, mas não me fez lembrar dos que comprávamos nos "konbinis", lojas de conveniências do Japão. Mas depois de quase cinco anos aqui, já estou achando que não me lembro dos gostos das comidinhas de lá.
A massa é ótima, mas exige três tempos de descanso, o que deixa a receita um pouco demorada, mas vale a pena.
A receita é do site japonês Cookpad, site não, aplicativo! rss Hoje em dia tudo virou aplicativo né! Até esses dias levava o notebook pra cozinha, para seguir as receitas, agora só preciso do celular!

RECEITA: NIKUMAN (parece que em alguns lugares do Japão é Butaman)
Você vai precisar de uma balança de cozinha

Massa:
200gr de farinha de trigo
100gr de farinha para pão (usei um gran reserva, é mais fino que o normal, mas se não achar use o normal mesmo)
5gr de fermento biológico (de bolo)
5gr de fermento seco (de pão)
20 gr de açúcar
pitada de sal
90gr de água morna
90gr de leite morno
1 colher de sopa de óleo
papel manteiga
panela a vapor ou panela de bambu

Misture todos os secos e coloque no processador,  misture a água, leite e óleo e vá colocando aos poucos pela abertura da tampa já com o processador girando, rapidinho vira uma bola. Tire do processador e passe para uma vasilha, molde uma bola, se achar que precisa coloque um pouquinho de farinha.  (Sem o processador é a mesma coisa, misture os secos e vá colocando os líquidos aos poucos, e sove muito bem por pelo menos 10 ou 15 minutos.)
Tampe a vasilha com filme plástico e deixe descansar por 1 hora (eu deixei dentro do forno, desligado é claro), a massa tem que dobrar de volume.
Depois divida a massa em oito pedaços, faça bolinhas, cubra com um pano limpo e deixe crescer por mais 15 minutos.
Abra a massa com um rolo, recheie, feche. Corte oito pedaços de papel manteiga e coloque cada nikuman em cima do papelzinho, cubra novamente com o pano e deixe descansar por mais 15 minutos.
Coloque  os nikuman, com o papel mesmo, dentro da panela a vapor, já com a água fervendo, coloque um pano limpo na tampa, para que a água não caia sobre o nikuman.
O pano fica na parte de dentro da tampa, mas não encosta no nikuman.
Eu dobrei o pano ao meio, e mesmo assim ficou sobrando pano nas bordas, então coloquei em cima da tampa, para não ter perigo de pegar fogo, todo cuidado é pouco! Se usar a panela de bambu não precisa do pano.
Mesmo a minha panela sendo grande coloquei só quatro de cada vez, não quis deixar amontoados.
Cozinhe por 20 minutos.

                                clique na foto para aumentar

Recheio

200gr de carne de porco moída
100gr de broto de bambu picado
3 cogumelo shiitake seco, deixar hidratar em água morna e depois picar (colocar num recipiente pequeno e colocar pouca água, assim o caldo fica mais concentrado)
10cm de alho poró picadinho
15gr de gengibre picadinho
1 colher de sopa de molho de ostra
1 colher de sopa da água que o cogumelo shiitake ficou de molho
2 colheres de sopa de shoyu
2 colheres de chá de sake
1 colher de chá de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1 colher de chá de óleo de gergelim
pitada de pimenta do reino

O cogumelo seco demora bastante para hidratar, mesmo com água morno demorou bem mais de uma hora, por isso hidrate bem antes de começar a fazer a massa.
Pique o alho poró e o gengibre bem pequenininho, menor do que o broto de bambu e o shiitake.
Misture todos os ingredientes e divida em oito porções. Deixe na geladeira até a hora de usar.


Coma quentinho e com karashi, uma mostarda japonesa picante.
Deu pra matar as lombrigas! :)
Ah! Lá no Japão também tem pizzaman, a mesma massa com recheio de pizza! Gostoso também, quem sabe em outro dia! ;)
Bjos



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/06/nikuman.html

Comprando produtos do Japão - 13Jun2015 21:34:00
 
Uso alguns temperos orientais, e procuro sempre comprar os de origem japonesa ou chinesa, dependendo do produto.  No Brasil tem vários temperos japoneses fabricados aqui mesmo, mas sinceramente, eu não acho que são parecidos com os de lá. Aqui na cidade tem algumas lojas que vendem produtos do Japão, mesmo assim é muito limitado, tem algumas coisas que eu só encontro nos sites de produtos japoneses.
Eu compro em dois sites, no Asia Shop e no Japan Store; compro muito mais no Asia, tem mais variedade e dão desconto no frete dependendo do valor da compra.
Não estou fazendo propaganda viu!? Só estou compartilhando os lugares onde compro e nunca tive problemas.
Bjos

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2015/06/comprando-produtos-do-japao.html

Folhado de Salmão - 23Nov2014 18:30:00
Comprar peixes aqui na cidade não é tarefa muito fácil não; tudo é congelado, até nas peixarias!!
Já pesaram o peixe congelado e depois descongelado?
Eu já! Por duas vezes, e nas duas vezes fiquei chocada, pra não dizer outra coisa né!?
Na primeira vez comprei um pacote no supermercado, paguei por 1kg congelado e depois de descongelado só tinha 400gr, ou seja, paguei por 600gr de água.
Na segunda vez comprei na peixaria, pedi 4 filés de tilápia, deu 700gr congelado, depois de descongelado tinha 400gr, paguei por 300gr de água.
Depois disso nunca mais comprei e nem comprarei peixe congelado!

Faz tempo que estava querendo fazer esse prato, demorei muito! Pois é muito gostoso!

Minha opinião: O segredo para seu folhado de salmão ficar gostoso é a massa folhada! Sim, a massa folhada! Pois o salmão é gostoso de qualquer maneira não é!?
Massa folhada crocante por fora e macia por dentro, o peixe não fica seco por causa do refogado de espinafre e o requeijão.

RECEITA: FOLHADO DE SALMÃO

Massa folhada - usei da marca Massaleve
Filé de salmão sem pele
Sal, pimenta, temperos...
Espinafre refogado
Requeijão
Ovo batido

Faça o refogado de espinafre: coloque as folhas de espinafre já lavadas numa panela com água fervendo e deixe lá por uns 5 minutinhos. Escorra, deixe esfriar e depois esprema para tirar o excesso  de liquido. Refogue com alho e cebola picada, tempere com sal e pimenta. Deixe esfriar e misture o requeijão.
Tempere o salmão. Eu piquei o salmão, mas você pode usar filezinhos inteiros, e temperei com Fondor e pimenta do reino.
Corte a massa folhada no tamanho desejado, coloque o peixe e por cima dele o espinafre com requeijão.
Passe um pouco do ovo batido nas bordas para fechar, faça cortes na massa e pincele com o ovo.
Leve para assar em forno pré aquecido (180°) por 30/35 minutos, até a massa ficar dourada. Eu polvilhei um pouco de farinha na forma.

Deu pra ver que não consegui fechar a massa muito bem né!? Ficaram feios! Mas muito saborosos!!
Bjos

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2014/11/folhado-de-salmao.html

Bolo Churros - 16Nov2014 21:11:00
Mais de dois anos sem postar nada e aqui estou novamente! Já naquela época não estava conseguindo postar como gostaria, depois desanimei e deixei o blog quietinho até hoje.

E volto com o Bolo Churros! Aqui na cidade tem várias lojas de bolo caseiro; teve uma época que estava viciada, toda semana comprava um bolinho, depois dei uma "maneirada"! O último que comprei foi um bolo churros, um bolo comum com cobertura de doce de leite, simples mas gostoso! Daí fui procurar na net uma receita de bolo churros e achei várias, mas senti "firmeza" em uma, que achei em dois lugares  AQUI e AQUI.

Minha opinião: O bolo é bem sequinho e bem levinho, e fazendo assim como fiz (assando em três assadeiras) ficou mais sequinho ainda, a casquinha chegou a ficar crocante. O sabor de canela fica forte, não recomendo para quem não é muito fã! Mas também não recomendo tirar a canela da receita, melhor arranjar uma outra receita de bolo!
Comer só o bolo é um pouco "sem graça", esse bolo "pede" o doce de leite! De preferência um bemmmm gostoso!

RECEITA: BOLO CHURROS
xícara de 200ml

3 ovos - claras e gemas separadas
3 colheres de margarina
1 xícara de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de leite - usei mais duas colheres de sopa, achei que a massa precisava
1/2 xícara de canela em pó - coloquei só uma colher de sopa
1 colher de sopa de fermento em pó
Doce de leite para o recheio e cobertura - usei 600 gr

Bata as claras em neve e reserve.
Bata as gemas, a margarina e o açúcar até virar um creme esbranquiçado; depois acrescente alternadamente a farinha e o leite, bata bem.
Acrescente a canela e depois o fermento, misturei com uma colher.
Ainda com a colher acrescente as claras em neve e misture delicadamente.
Coloque numa forma untada e enfarinhada e leve para assar em forno pré aquecido (180°) por aproximadamente 35 minutos, faça o teste do palito, se sair limpo o bolo está pronto.
Recomendo colocar papel manteiga no fundo da forma, que facilita tirar o bolo.
Espere esfriar para desenformar.
Fatie o bolo e recheie com doce de leite. Se quiser polvilhe o bolo com açúcar misturado com canela.

Como fiz em três forminhas não precisei fatiar, ficou um bolo pequeno, ideal para minha família de dois! rss
E como mencionei, o doce de leite tem que ser gostoso! Eu usei  La Serenissima, doce de leite argentino, muito saboroso, que encontramos no supermercado Extra, mas não é sempre que tem não!
 
Espero não ter deixado nenhuma dúvida em relação à receita!
Bjos

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2014/11/bolo-churros.html

Pastel de Batata - ?????????? - 18Jun2012 14:45:00

Eu achei que nunca mais fosse usar o marcador "Dicas para quem está no Japão", fiquei muito feliz em poder usar novamente, mesmo não morando mais lá.

A dica não é muito saudável, rss, mas é muito gostosa!

Quem mora no Japão já provou esse pastelzinho?
Eu adorava, é um pastelzinho crocante recheado com purê de batata, queijo e milho, e vem junto um sal temperado que é muito gostoso, para polvilhar depois de fritos. 

Fiquei com vontade de comer , daí comprei massa de pastel; claro que não ficou igual, mas deu para matar a vontade. Ficou faltando aquele salzinho temperado, mas não se pode ter tudo! rss

Fiz duas vezes, na segunda vez coloquei presunto e achei que ficou mais gostoso. 

Pastel de Batata - ?????????? 

Discos de massa para pastel (10 cm de diâmetro) - não use disco maior, pois um pastel grande pode ficar um pouco enjoativo
Purê de batata (frio)
Milho verde
Queijo prato
Presunto (opcional)

Misture o milho com o purê de batatas, pegue um punhadinho de purê e envolva com um pedacinho de queijo prato e de presunto, coloque no meio da massa, umedeça as bordas e feche com um garfo.
Frite em óleo quente até dourar.

O queijo prato usei 1/4  (1 fatia deu para usar em 4 pastéis)
O presunto, que era maior que o queijo, usei 1/6  (1 fatia deu para usar em 6 pastéis)

Para fazer 35 pasteizinhos usei +- 2 batatas médias para fazer o purê, temperei com sal e um pouco de manteiga. 
Usei 1/2 lata de milho verde.



Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/06/pastel-de-batata.html

Oi gentem, esses dias passamos um "nervoso" básico, maridão teve que ir ao médico fazer uns exames, o médico achava que poderia ser pedra nos rins ou algum tipo de infecção; graças a Deus não era nem um nem outro. Mas até saber o resultado ficamos nos remoendo, o exame demorou mais de uma semana para ficar pronto, e isso deu asas à imaginação...muito desgastante; mas agora está tudo bem, bola pra frente!

A receita desse bolo de laranja eu peguei da Akemi, já disse pra ela que só vai dar receita dela aqui no Blog, rss, a Akemi é muito querida, mas não é por isso que faço as receitas que ela apresenta, é porque as receitas são realmente maravilhosas.

Eu sempre gostei muito daquele bolo que leva a laranja inteira, é mais pesado e tal, e tem sabor e aroma bem marcado.

Esse bolo de laranja é super leve, super fofinho e tem sabor e aroma bem discreto. Nem acreditei que eu é que tinha feito rss. O bolo some na boca de tão leve. E depois de provar esse bolo já não sei dizer se gosto do outro rss!

Tô preguiçosa!! "Roubei" o texto da Akemi.

Eu usei xícara de 200ml e não fiz a calda. E coloquei raspas de laranja na massa.

Bolo de Laranja  

* xícara medida de 240ml

Massa
4 ovos
2 xícaras de açúcar (usei 1½ xícara)
½ xícara de óleo (usei canola)
1 xícara de suco de laranja coado
2 xícaras de farinha de trigo peneirada
1 colher (sopa) de fermento em pó

Na batedeira, bater as claras em neve. Sempre batendo, adicione o açúcar aos poucos. Em seguida, coloque as gemas, uma por uma, batendo bem a cada adição. Bata bastante até ficar esbranquiçado (uns 2 minutos). Incorpore o óleo em fio e o suco de laranja. Em velocidade baixa, vá colocando a farinha às colheradas, pulverizando. Raspe as laterais da tigela e bata muito bem. Por fim, coloque o fermento em pó e bata rapidamente. Despeje a massa numa forma de buraco no meio de 24cm bem untada e enfarinhada. Dê algumas batidinhas no fundo da forma e leve para assar em forno preaquecido a 200?C por cerca de 35 a 40 minutos ou até ficar bem corado. Faça o teste do palito. Tire do forno e espere amornar uns 10 minutos para desenformar. Enquanto isso prepare a calda.


1 xícara de suco de laranja coado

1 xícara de açúcar (usei ¾ xícara)
casca de 1 laranja cortada em tirinhas (tente cortar sem a parte branca)

Coloque tudo numa panelinha e misture. Leve ao fogo forte e deixe ferver. Vá retirando a espuma branca que aparecer na superfície e deixe apurar até engrossar levemente. Tire do fogo e despeje quente mesmo sobre o bolo.

Eu olho pra essa foto e minha barriga ronca rss...

Beijinhos e até logo!

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/05/bolo-de-laranja.html

Aqui faz calor o ano inteiro! Mentira rs, um exagero falar assim! Faz calor sim, muito calor aliás; mas faz um pouco de frio também. E ele chega assim, sem avisar, um dia você está com sua roupa de verão e no outro dia caçando desesperadamente um casaco para te aquecer. Segunda-feira passei um frio desgraçado aqui na loja, trouxe um casaquinho e vim de sapatilhas, achando que iria esquentar ao longo do dia...quase congelei rs. 
Daí hoje, vim preparada, casaquinho mais grosso e botas; e o dia parece que vai ser agradável, tem muito sol e deve esquentar um pouco.
Aqui é assim, de manhã a gente sai embrulhada de casa, depois passa o dia inteiro carregando o casaco na mão e se arrependendo de ter colocado tanta roupa, mas quando a noite cai colocamos o casaco novamente e agradecemos estarmos embrulhada! rss

Dias desses achei um site de culinária da Argentina, mostrei para meu marido e ele disse que a senhora do site apresentava um programa na TV quando ele morava lá. 
Daí aproveitou e pediu para fazer alfajor de almidón,rs.

Eu já tenho uma receita de alfajor de amido de milho, e é muito parecida com essa, mas o modo de fazer da Maru é diferente, resultando um alfajor mais areado, que deixa a massa macia e leve. 

Alfajor de almidón
  
200 gr de farinha de trigo
300 gr de amido de milho
1/2 colher de chá de bicarbonato
2 colheres de chá de fermento em pó
200 gr de manteiga - usei margarina sem sal
150 gr de açúcar
3 gemas
1 colher de chá de conhaque - não tinha, usei whisky
1 colher de chá de essência de baunilha
raspas de 1 limão


Recheio:
Doce de leite
Coco ralado

Misture a farinha de trigo, o amido de milho, o bicarbonato e o fermento em pó. Reserve.
Na batedeira junte a manteiga com o açúcar e bata até esbranquiçar, junte as gemas, uma de cada vez, batendo bem depois de cada adição.
Depois junte o conhaque, a essência de baunilha e as raspas de limão, bata mais um pouquinho.

Desligue a batedeira e junte a mistura da farinha, aos poucos, depois passe a massa para uma bancada polvilhada com amido de milho e sove bem, até ficar uma massa lisa.
Divida a massa em vários pedaços, assim fica mais fácil para abrir. Polvilhe amido de milho na bancada e com o rolo abra a massa e corte discos de 3cm, com um cortador próprio ou outro utensilio, como xícara de café ou um copo pequeno.

Coloque numa assadeira coberta com papel manteiga e leve para assar até dourar, forno pré aquecido, 180 graus, +-15 minutos. Fique cuidando, pois assa muito rápido e pode passar do ponto
Deixe esfriar e una com doce de leite, depois passe as laterais no coco ralado.


Beijinhos e até logo!

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/05/alfajorcitos-de-almidon-de-maiz-con.html

Kibe Assado Recheado - 29Abr2012 02:01:00

Adoro kibe, principalmente o frito, mas odeio fritar rs, por isso geralmente só faço o assado, e sempre fiz "a olho", de qualquer maneira ele ficava bom, pelo menos pra mim rs.
Mas quando vi os comentários DESSA receita achei que era hora de ter uma receita de kibe assado.

Fica bem molhadinho, uma maravilha! Já fiz duas vezes, uma sem o tomate e outra com; o da foto é sem, mas fica bem melhor colocando o tomate.

Eu aprendi com uma amiga a bater a cebola com a hortelã no liquidificador para fazer o kibe frito, e agora já não consigo fazer de outra maneira, mesmo sendo assado; nessa receita também bati tudo no liquidificador, vou postar como eu fiz, para ver a receita original é só clicar no link. 

Kibe Assado Recheado 

500 gr de carne moída
250 gr de trigo pra kibe
1 cebola grande picada*
3 dentes de alho picadinhos*
3 galhinhos de hortelã * - usei o macinho todo
Sal, orégano e cheiro verde a gosto*
1 colher de sopa de molho inglês* - coloquei 2 colheres
2 colheres de sopa de margarina
1 tomate sem pele picado - eu coloquei com pele
200 g de mussarela para o recheio

Primeiro lave o trigo para kibe e deixe de molho por 2 horas.- quando tenho pressa deixo de molho em água fervente, daí é só esperar alguns minutos
*Bati no liquidificador : cebola, alho, hortelã, sal, orégano, cheiro verde e o molho inglês.Deixei uma parte da hortelã para colocar picada.
Se não quiser faça como a receita original.

Esprema o trigo para kibe para cortar a água, misture com a carne moída e os temperos do liquidificador. Misture bem e acrescente a margarina, bota a mão na massa mesmo e misture bem, depois acrescente os tomates e envolva bem.

Coloquei metade do kibe num refratário, coloquei a mussarela e cobri com o restante do kibe. Reguei com um pouco de azeite, cobri com papel alumínio e levei para assar por +-45 minutos, forno pré aquecido, 180 graus. Depois tirei o papel alumínio e deixei mais 10 minutinhos para dourar.

Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/kibe-assado-recheado.html


Imaginem um bolo de fubá que derrete na boca quando está quentinho, e depois de frio é úmido e leve! Pra mim isso era inimaginável, bolo de fubá pra mim sempre foi aquele bolo que "esfarela", no bom sentido, é claro!

Gente, se eu soubesse que bolo de fubá cozido era assim, teria feito a muito tempo. Pra mim o fato de cozinhar o fubá não alterava essa característica "esfarelenta" dele,rs, é meninada... vivendo, comendo e aprendendo! rs

E aprendi com a nossa querida Akemi, que adora bolo de fubá; eu tenho que confessar que bolo de fubá não é um dos meus preferidos, mas como tenho uma irmã e uma cunhada que adoram fico de olho nas receitas, essa eu fiz pensando na minha irmã, que uma vez me perguntou sobre o bolo com o fubá cozido.

Acabei me atrapalhando com a receita, já estava com outro bolo no forno e já tinha outra receita para assar, por isso o bolo de fubá que era para assar em forno frio, foi com o forno super aquecido, e pior, esqueci de colocar dentro de outra assadeira...resultado: a lateral do bolo ficou torrada e o fundo um pouco queimado, mas não deu perda total não!  Tirei as bordinhas e ficou tudo certo!rs

E pra quem nunca fez um bolo com o fubá cozido deixo a dica: quando fui fazer o teste do palito (garfo) o bolo já estava douradinho, mas quando furei achei que estava crú, de tão molinho que estava,  mas o garfo saiu limpo, e o bolo já estava assado.

Eu só fiz meia receita e coloquei numa forma quadrada, por isso meu bolo ficou baixinho. O texto a seguir "roubei" da Akemi. As minhas observações estão em azul.

Bolo de Fubá Cozido da Vovó Estela

* xícara medida 240ml

2 xícaras de fubá
2 xícaras de açúcar (usei 1½)
2 xícaras de leite
½ xícara de óleo
1 colher (sopa) de erva-doce - não coloquei
3 ovos extra
100g de margarina culinária (usei manteiga sem sal) - usei margarina com sal
1 colher (sopa) de fermento em pó
uma pitada de sal

Unte bem e polvilhe com açúcar refinado uma forma de anel de 24cm de diâmetro (eu ainda misturei um pouco de canela em pó ao açúcar).
- só coloquei o açúcar
Numa panela, coloque o fubá, açúcar, leite, erva doce e óleo. Misture com fouet para tirar os caroços e leve ao fogo. Sempre mexendo, deixe cozinhar até engrossar.
Tire do fogo e junte a margarina. Misture até incorporar. Espere amornar uns 15 minutos e junte as gemas e misture. Bata as claras com uma pitada de sal até ficar em neve firme. Peneire o fermento sobre a massa e junte as claras em neve. Misture com delicadeza até incorporar. Despeje a massa na forma e leve ao forno frio com uma assadeira por baixo da forma com a massa. Ligue o forno a 200?C e asse por cerca de 45 minutos ou até dourar bem.
Tire do forno e deixe amornar uns 10 minutos antes de desenformar.

Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/bolo-de-fuba-cozido-da-vovo-estela.html

Mousse de Gelatina - 18Abr2012 15:45:00

Essa é uma das sobremesas que vi lá no blog  da Priscila Beneducci, muito fácil de fazer e ótima para esses dias mais quentes, mesmo no outono aqui na minha cidade faz muito calor, e nada melhor do que uma sobremesa refrescante. Lá no blog da Priscila tem outras dicas para a mousse ficar ainda mais gostosa.

E o melhor de tudo é que se você quiser pode fazer Sorvete de Gelatina, nesse caso é só dobrar a quantidade de água fervente e levar ao freezer. "Ainda" não fiz.

Fiz com gelatina de morango, gostei muito, agora quero fazer com outros sabores. 

Mousse de gelatina 

250 ml de água fervente, se for fazer mousse - 500 ml se for fazer sorvete
1 pacotinho de gelatina de qualquer sabor
1 lata de leite condensado
2 caixas de creme de leite

Eu dissolvi a gelatina na água fervente e depois bati com todos os outros ingredientes no liquidificador.
Para desenformar, unte a assadeira com óleo de milho, depois passe água e deixe a assadeira virada para escorrer o excesso de água. - eu não fiz, coloquei num refratário e não desenformei
Levar para a geladeira até endurecer.

Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/mousse-de-gelatina.html

Bolo de Caramelo - Caramel Cake - 16Abr2012 17:04:00

Faz tempo que ando querendo fazer alguma receita na panela de arroz, mas nada me anima. Vejo algumas receitas e acho que não vale a pena, vejo outras e acho que vai dar muito trabalho rs, e assim vou me esquivando. Mas como eu tinha que fazer um bolo simples para levar de lanche para a loja, resolvi usar a panela, e acabei escolhendo essa receita.

A receita sugere servir com um molho de frutas, que eu não fiz. Mas o bolo fica bem sequinho, e acho que precisa de uma calda ou outro acompanhamento. Se for fazer, faça também o molho.

Por ser uma receita japonesa o bolo é pouco doce, e o sabor do caramelo é discreto, eu particularmente, acrescentaria um pouco mais de açúcar ou de caramelo.

Fiz na panela pequena (3 medidas), não se engane com a foto, o bolo ficou pequenininho, super bonitinho. Vou colocar a receita para a panela média (5 medidas), se alguém quiser para a panela pequena e grande é só mandar um e-mail pedindo. 

Bolo de Caramelo - Para panela média (5 medidas); não serve para panelas com sistema a vácuo, encontradas no Japão. 

Caramelo
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de água
50 ml de creme de leite fresco - não tinha, usei leite
20 gr de manteiga sem sal

Numa panelinha coloque o açúcar e a água e leve ao fogo, mexendo sempre até ficar com cor de caramelo, abaixe o fogo e acrescente o creme de leite fresco, misture até dissolver os torrões. Desligue o fogo e acrescente a manteiga, misture até derreter. Reserve. 

Massa
3 ovos
50 gr de açúcar
100 gr de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó - acho pouco, coloquei 3 colheres de chá

Bata os ovos com o açúcar até aumentar de volume e ficar mais claro, acrescente a farinha misturado com o fermento, alternando com o caramelo reservado. Não bata muito, termine de misturar com uma espátula.
Unte a panela com manteiga, coloque a massa e leve para cozinhar. Se a panela desligar e o bolo não estiver assado aperte o botão novamente e deixe mais alguns minutos. Vai abrindo e verificando. Nesse bolo deixei mais 10 minutinhos e foi suficiente. 
Lembrando que a parte de cima não fica dourada como a parte de baixo.

Desenforme e deixe esfriar, sirva com o molho de frutas frescas e vinho. 

Molho de Frutas Fresca e Vinho Branco 

Sugestão de frutas, pode usar o que você quiser
1 ameixa com casca picada
1 kiwi sem casca picada
2 colheres de sopa de mel
1 colher de sopa de vinho branco
Misture tudo e deixe descansando na geladeira por 30 minutos.

Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/bolo-de-caramelo-caramel-cake.html

Enfim tiraram os ovos de chocolate dos supermercados, rs, já tava ficando doida, tentando controlar essa vontade de devorar chocolates! É muito bom, mas quando começo a comer só paro quando acaba! E a balança não perdoa! rs 

Durante a semana eu tento controlar o que eu como, mas final de semana eu acabo liberando geral,rss, vai chegando perto do final de semana e eu já começo a procurar alguma receitinha, e essa semana eu achei umas sobremesas que quero fazer, mas encontrei também essa torta salgada, que acabou "furando a fila", fiquei com muita vontade de provar.

A receita é do blog  Delícias da Priscila Beneducci, lá tem todo o passo a passo! As receitas das sobremesas também achei lá, por isso, em breve mais receitinhas da Priscila por aqui.

Bolo de Fubá Salgado

Recheio - esse foi o recheio que usei, o da Priscila é um pouco diferente; pode usar qualquer outro recheio
100 gr de mussarela picada
100 gr de presunto picado
1 tomate picado com semente
1 lata de milho verde
orégano a gosto
1 cebola cortada em rodelas refogada em um pouco de óleo
Misture tudo e reserve

Primeiro refogue a cebola e depois use a mesma panela para fazer a massa, daí não precisar lavar, um trabalhinho a menos!

Massa - fica tipo polenta
2 xícaras de chá de fubá mimoso
1 colher de sopa, cheia, de margarina/manteiga
1 colher de sopa, rasa, de sal
500 ml de leite
4 ovos batidos
1 colher de sopa de fermento em pó

Na panela "sujinha" que refogou a cebola, mas sem a cebola, e fora do fogo, misture o fubá com a margarina e o sal,acrescente o leite aos poucos, até diluir tudo. Agora sim, leve ao fogo para cozinhar, mexendo sempre até engrossar e desprender do fundo da panela. Desligue o fogo e acrescente os ovos batidos, misture muito bem até virar um creme lisinho, depois acrescente o fermento em pó. Por fim acrescente o recheio reservado, misture bem, coloque numa forma untada e polvilhada de fubá. Leve para assar por +- 40 minutos, forno pré aquecido, 180 graus.

Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/bolo-de-fuba-salgado-receita-amiga.html

Quando vi essa receita no blog Cozinha sem Drama da Daniana, fiquei muito curiosa, já que é muito fácil de fazer. Acabei fazendo para matar a curiosidade mesmo, não me dei ao trabalho de usar saco de confeiteiro nem sabor e nem corante.

A consistência é muito parecida com o merengue, fica um pouco mais "puxento", mas lembra muito.
Depois que vi a receita fui procurar saber mais sobre ela, e vi muitos comentários negativos sobre o sabor do glacê, tinha gente que falava que tinha gosto amargo.

Eu não achei ruim não, não ficou amargo, ficou diferente rss; não parece leite condensado, mas também não parece merengue. Fica bem doce, pode ser que não agrade alguns paladares.

Glacê de leite condensado

Na batedeira coloque:
1 lata de leite condensado - eu deixei algumas horas na geladeira
1 colher de sopa de emulsificante para sorvete
Bata até aumentar o volume e ficar com consistência de glacê.
Está pronto para usar. Mas a Daniana sugere colocar sabor no glacê acrescentando 2 ou 3 colheres de sopa de suco em pó de saquinho.


Beijinhos e até logo!

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/04/glace-de-leite-condensado.html


Bolo de chocolate sem lactose foi outra receita que procurei muito; mas na listinha dos alimentos a serem evitados pela sobrinha estava "chocolate", daí fique na dúvida, se era por causa do leite, ou se era o cacau por si só. Tive certeza de que era por causa do leite, pois é muito difícil encontrar alguém com alergia à cacau, "eu acho". Mas achei melhor substituir por alfarroba em pó.

O Alfarroba em Pó: sempre tive curiosidade, desde que comecei a blogar e via os bolos de alfarroba das amigas de Portugal. Mas no Japão eu não consegui encontrar. Aqui no Brasil eu tinha certeza de que teria, e também tinha certeza de que na minha cidade não encontraria. Mas para minha felicidade, me enganei,rss, encontrei na loja "Mundo Verde".

No bolo o alfarroba fica idêntico ao cacau, praticamente não tem diferença. 

Na cobertura, eu senti diferença, confesso que não gostei muito, mas minha sobrinha comeu e gostou, "parece" que não sentiu diferença. Mas não falei que era alfarroba, só disse que era um tipo de chocolate que ela podia comer.

A receita do bolo é da Cris - From our home to yours, a Cris usou cacau, e misturou os ingredientes na forma onde ia assar, no post dela dá para ver como fica a textura do bolo. Fica muito fofo e gostoso. 

Bolo sem leite e sem ovos 

1 1/2 xícara de farinha de trigo
1/3 xícara de chocolate em pó
- usei 2 colheres de sopa de alfarroba em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher de chá de sal
1 xícara de açúcar
1/2 xícara de óleo
1 xícara de água ou café - eu usei água
2 colheres de chá extrato de baunilha - eu usei essência, não sei se é diferente de extrato
2 colheres de sopa de vinagre - usei de álcool 

Numa vasilha misture a farinha de trigo, alfarroba em pó, bicarbonato, sal e açúcar. Acrescente o óleo, já misturado com a água e a baunilha. Com um fuet misture até ficar homogêneo . Depois coloque o vinagre e mexa até envolver bem. Haverá uma reação do vinagre com o bicarbonato formando um pouquinho de espuma. Coloque em assadeira pequena untada e enfarinhada (eu usei de 24 cm e foi muito grande). Leve para assar por +- 30 minutos, forno pré aquecido 180 graus.

Cobertura 1
Leve ao fogo até ficar um creme liso:
1/4 de xícara de água
1/2 xícara de açúcar
2 colheres de sopa de alfarroba em pó
Prove, se achar necessário coloque mais açúcar e mais alfarroba.


Cobertura 2
Leve ao fogo até ferver, sempre misturando:
1 lata de condensado de soja
2 ou mais colheres de sopa de alfarroba em pó
Não coloquei margarina porque também está na listinha dos alimentos a serem evitados pela sobrinha, mas acho que se colocar o creme fica melhor

Para saber mais sobre o Alfarroba clique AQUI.

Beijinhos e até logo!!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/03/bolo-de-alfarroba-bolo-sem-leite-e-sem.html


Estranho uma receita "Sem Lactose" aqui no blog né?! Não sou eu não, é minha sobrinha caçula; ainda não sabemos ao certo que tipo de alergia ela tem, mas o médico pediu para cortar leite e derivados, além de outras coisas que criança adora.

Mas não dá para esperar muita força de vontade de uma criança né? Não dá para falar "não pode comer isso" sem lhe dar uma outra opção; a criança acaba ficando nervosa.

A minha sobrinha adora pão de queijo, e quando come a alergia sempre aparece; por esse motivo fui procurar uma receita de pão de queijo sem queijo e encontrei algumas, testei três receitas e essa foi a que mais me agradou.

Claro que não fica igual, mas acho que engana bastante, pois a consistência fica muito boa, se não deixar passar o ponto; se passar fica parecendo um biscoito. O sabor é agradável, mas não pense que vai ser igual ao de queijo, porque não vai. E é bom comer logo depois que assa, no outro dia não fica tão bom.

Pão de Queijo sem Queijo

Bata por 2 minutos no liquidificador
1 ovo
1 xícara de água
3/4 de xícara de óleo
2 colheres de sopa de farinha de milho flocada
1 colher de sopa de sal

Depois acrescente
2 xícaras de polvilho azedo
e bata até ficar uma massa homogênea

Coloque em forminhas de empadas untadas com óleo, mas só até a metade, pois a massa vai crescer. Coloque as forminhas dentro de outra forma e leve para assar por +-15 minutos, forno pré aquecido, 180 graus.
Os pãezinhos não ficam douradinhos, ficam pálidos mesmos.


Beijinhos e até logo!


Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/03/pao-de-queijo-sem-queijo-sem-lactose.html

Gyuniku no Shogayaki - ??????? - 19Mar2012 12:56:00

Carne com gengibre é a receitinha de hoje, quem gosta vai amar, pois é uma receita simples e o prato fica muito saboroso.

Essa receita eu ganhei de um novo amigo lá do Rio Grande do Sul,Takuo Okada, que "conheci" graças ao blog; quando vi que era um cozinheiro da culinária japonesa me animei a pedir a receita da carne com gengibre, esperta eu né?! rs ;)

Pra quem é de Canoas-RS e gosta da culinária japonesa, deixo o Link do Sayori, onde podem entrar em contato com nosso amigo cozinheiro Takuo Okada.

A receita é muito fácil, pois usa ingredientes que usamos no dia a dia. Só vai dar trabalho cortar a carne fininha. Eu até tentei pular essa parte, pedindo para o açougueiro cortar, mas não ficou como eu queria...melhor cortar em casa mesmo rss. 

Gyuniku no Shogayaki

5 bifes de alcatra ou contra filé - eu usei +- 400 gr de alcatra; congelei e depois cortei bem fininho, acabaram virando "iscas" fininhas ao invés de bifes
2 colheres de sopa de gengibre ralado ou em palitos
4 colheres de sopa de molho de soja (shoyu)
1 colher de sopa açúcar
1 colher de sopa de sake ou vinho branco seco
pitada de ajinomoto - acabei temperando um pouco mais, coloquei um pouco de sal e um pouquinho de tempero pronto

Misture tudo e deixe marinar por 2 horas. Se deixar marinando por mais de 3 horas os bifes ficam despedaçando por causa do sake/vinho. Eu não aguentei esperar tanto rs

Em uma frigideira anti-aderente aqueça um pouco de óleo e junte a carne (pode colocar o caldo da marinada também), frite bem os bifes. Coloquei um pouco de cebolinha e de salsinha.

Sirva com repolho cortado bem fininho e arroz branco ou yakimeshi.

Beijinhos e até logo!!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/03/gyuniku-no-shogayaki.html

Nama Choco - ???? - 11Mar2012 17:26:00

Nama Choco é uma criação japonesa, se for traduzir fica "chocolate cru" mas acho que pode ser entendida como chocolate fresco também; "eu acho". 

É  uma trufa quadrada; que faz muito sucesso lá no Japão, e são lindos; quadradinhos perfeitos em caixinhas maravilhosas, e não é só de cacau não, já vi de chá verde e morangos também.

Tem que deixar direto na geladeira, fica um chocolate muito macio, mas se deixar uns minutinhos fora da geladeira esse macio derrete na boca, uma sensação muito gostosa! 



Com essa receitinha que me faz lembrar um pouco da terra do sol nascente participo da "Blogagem Coletiva -Dia Mundial do Chocolate" que a Akemi está organizando.

Eu sei que todo dia é dia de alguma coisa,rss, mas não sabia que o chocolate também tinha o seu; um motivo a mais para colocar o chocolate no menu! rs




Nama Choco

200 gr de chocolate ao leite picado
200 gr de chocolate meio amargo picado
200 ml de creme de leite fresco
1 colher de sopa de mel
1 colher de sopa de rum 
Chocolate em pó para polvilhar

Primeiro cubra um assadeira pequena com papel manteiga, reserve.
Misture os chocolates com o creme de leite fresco e o mel em uma panelinha, e em banho-maria misture até virar um creme homogêneo, depois acrescente o rum e misture mais um pouco.
Coloque na assadeira e nivele o creme, leve para gelar, até endurecer.
Depois que endureceu tire o creme da assadeira com o papel vegetal, daí é só desgrudar as bordas (com cuidado), cortar em quadradinhos e polvilhar com o chocolate em pó.


Ah, deu branco, depois de um longo tempo com o blog vermelho,rss, mudanças são boas, dão um novo ânimo. Espero que tenham gostado do blog assim branquinho!
Beijinhos e até logo!



Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/03/nama-choco.html

Pudim de Leite em Pó - 05Mar2012 13:54:00

Sobrou leite em pó da Pasta de Leite em Pó, daí já fiquei pensando onde usar tanto leite, minha cunhada disse que havia visto na net um pudim, então fui procurar. Encontrei algumas receitas, mas nessa AQUI eu senti firmeza rss.

De aparência não perde nenhum pouco para a de leite condensado, mas a consistência é bem diferente, essa é "dura/firme", não tem nada de cremoso.
O sabor é bom, tem gostinho de leite e não ficou com cheiro de ovo. Merece repeteco. Mas não se compara com o de leite condensado que é MUITO mais gostoso. 

Pudim de Leite em Pó 

Xícara de 250 ml
2 xícaras de leite em pó
2 xícaras de água
1 xícara de açúcar
3 ovos - usei 4 pequenos 

Bata tudo no liquidificador, coloque em foma caramelada e asse em banho maria. Forno pré-aquecido, 180 graus. Eu cobri a forma do pudim com papel aluminio e assei por 1 hora.


Beijinhos e até logo!

Fonte: http://blogdereceitasdaemilia.blogspot.com/2012/03/pudim-de-leite-em-po.html